Sejus bate recorde de atendimento em ação para empregabilidade da pessoa com deficiência

Foto: Geolando Gomes – Ascom/Sejus 

Os quase dois mil atendimentos realizados na ação “Dia D da Pessoa com Deficiência”, dias 27 e 28 de março, mostrou a necessidade de haver outras iniciativas semelhantes com vistas a sensibilizar as empresas quanto à contratação de pessoas com deficiência, já prevista em lei. O resultado da ação superou a expectativa, que estimava mil atendimentos nos dois dias do evento. A iniciativa é da Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus/DF).

Segundo o secretário de Justiça e Cidadania, Gustavo Rocha, a grande procura para participar do processo seletivo mostrou a carência de ofertas para as pessoas dom deficiência. De acordo com ele, “é importante sensibilizar e cobrar das empresas a obrigatoriedade da contratação dessas pessoas, dando cumprimento à lei que exige até 5% da empregabilidade para este segmento”, defendeu.

Na ação ocorrida nos dias 27 e 28 de março, na Estação da Cidadania do Metrô (112 Sul), foram realizados 1077 atendimentos na quarta-feira (27) e 899 na quinta-feira (28), totalizando 1976 pessoas interessadas nas 272 vagas disponibilizadas por 29 empresas do DF.

O subsecretário de Direitos Humanos, Juvenal Araújo, demonstrou preocupação com esses números, que atentam para o grande número de pessoas com deficiência desempregadas em todo o Distrito Federal, mas ressaltou a importância da ação. “Diagnosticamos e vimos a necessidade de efetivação do cumprimento da lei que exige vagas para pessoas com deficiência. Por isso, a ação foi excelente para trabalhar a questão da empregabilidade. Os números mostram a urgência de haver mais iniciativas como essa”, afirmou.O “Dia D da Pessoa com Deficiência” foi promovido pela Sejus/DF, através da Subsecretaria de Direitos Humanos e contou com apoio do Ministério Público do Trabalho do Distrito Federal, do Fórum de Inclusão das Pessoas com Deficiência no DF, da Administração Regional do Plano Piloto e da Secretaria de Trabalho. O objetivo da ação é contribuir para a ampliação do número dessas pessoas no mercado formal de trabalho e incentivar o cumprimento da Lei 8213/91, que estabelece a reserva legal de vagas nas empresas para contratação de pessoas com deficiência.

Fonte: Ascom/Sejus

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code