A ordem é bater no estádio

Toninho50O PSOL acredita que encontrou um filão para bater no governo. Já que a oposição tradicional anda meio calada no Distrito Federal, pretende transformar em saco de pancadas a construção do novo Estádio Nacional Mané Garrincha, que segundo o PSOL é o mais caro do mundo. Para a turma do partido, o estádio deverá custar cerca de R$  1,6 bilhão aos cofres públicos quando tudo estiver terminado, dentro de dois meses. O PSOL irá à televisão e ao rádio reclamar do que considera falta de transparência para a execução dessa obra e do risco de que venha a tornar-se “um verdadeiro elefante branco em pleno centro da Capital do País”.

Fonte: Do alto da torre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui