Celina Leão critica manobra do governo para calar os Praças da PM

celina-leaoDurante o comunicado de parlamentares, na tarde desta quarta-feira (19), a deputada Celina Leão (PDT) criticou a manobra do Governo do Distrito Federal para desqualificar a assembléia dos  Policiais Militares, que reuniu mais de dez mil Praças na Praça do Buriti.

“Não sei quem é o conselheiro político do governador, mas sei que ele é muito burro, em um momento delicado como esse, conseguiu transformar insatisfação em revolta e agravar ainda mais a crise na segurança pública do DF”, avaliou.

Na ocasião os militares recusaram a proposta do GDF, que na avaliação da categoria beneficia os oficiais e não aos praças. Antes mesmo que a tropa pudesse enviar uma contraproposta ao governo, uma convocação de oficiais foi feita pelo comandante geral da PMDF, Anderson Moura, à portas fechadas, onde ocorreu uma nova votação e a proposta do governo foi aceita. Como justificativa o comandante da tropa diz que não reconhece como legítima a assembléia dos praças.

“Foi um posicionamento truculento e arbitrário, o governo não aceitou a deliberação de uma assembléia, não tem como negar que houve a recusa da categoria e bom lembrar que os oficiais não respondem por toda a tropa”, pontuou.

Para Celina Leão o governo erra feio quando diz que a assembléia não foi legítima. “O Partido dos Trabalhadores desrespeita o ato mais sagrado da democracia que é a participação popular”, lamentou a deputada.

Fonte: Assessoria de Imprensa

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDetran DF e a falta de educação
Próximo artigoTransporte público é debatido por prefeitos do entorno
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code