Emendas conjuntas



jaqueline-rorizEstava quase terminando a reunião da bancada do Distrito Federal no Congresso quando a deputada Jaqueline Roriz decidiu apresentar uma proposta. Sugeriu que todos os seus integrantes, deputados e senadores, façam emendas conjuntas tanto para projetos de lei quanto para medidas provisórias, além, claro, do Orçamento. Argumentou que assim conseguiriam maior força para bancar as reivindicações. Foi aplaudida pelos colegas, o que raramente acontece.

Jaqueline se entusiasmou. Engrenou uma segunda e partiu para um ataque ao Buriti que, segundo ela, “só pensa na Copa” e esquece um setor vital para a população, que é a segurança pública. “Nos primeiros 54 dias do ano”, registrou, “ocorreram cerca de 150 homicídios, quase três por dia, um absurdo”. Aí, nada de aplauso. Fez-se silêncio geral. A maioria da bancada é da base do governador Agnelo.

Fonte: Do alto da torre

COMPARTILHAR
Artigo anteriorApelo a ministro pelo PDT
Próximo artigoCorregedor
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code