24% dos recursos de multas já são feitos on-line

- Publicidade -


Usuários podem fazer a interposição de recursos de multas de 14 órgãos autuadores, Jari e Cetran por meio da plataforma Expresso

Uma semana após o lançamento do serviço, 24% dos recursos de multas já são registrados de forma 100% on-line. O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) passou a oferecer o serviço por meio do Portal Expresso para multas emitidas para 16 autuadores. A iniciativa gera comodidade e conforto e economia ao usuário e agilidade para o serviço público.

Só na última terça-feira, 28, foram registrados 416 recursos. Destes, 339 de forma presencial e 107 pelo Portal Expresso. “São mais de 100 pessoas que utilizaram a praticidade do serviço e tiveram economia de tempo e dinheiro ao não terem que se deslocar até um posto de atendimento”, explica o presidente do Detran-GO, Delegado Waldir.

O Detran-GO recebe, por mês, cerca de 10 mil recursos de multas. Segundo o presidente da autarquia, Delegado Waldir, a proposta é facilitar a vida do usuário e colocar o Detran-GO na palma da mão do cidadão. “Com a disponibilização do recurso de multa pelo Expresso, estamos facilitando a vida da população, agilizando os processos e economizando recursos públicos”, afirma.

Para apresentar a defesa prévia de multas, é necessário acessar o portal (Portal Expresso ), pesquisar por “recurso de multa” e seguir as orientações descritas na Carta do Serviço. O uso é intuitivo e basta seguir as orientações do sistema. O usuário que preferir pode acessar diretamente o link (

Portal Expresso).

Ao fazer o recurso no portal, ele é direcionado automaticamente ao setor responsável pelo julgamento (Comissão de defesa prévia, Jari ou Conselho Estadual de Trânsito- Cetran). Isso dará mais celeridade ao serviço. Após a interposição do recurso, o julgamento poderá ser acompanhado pelo portal.

Os usuários devem ficar atentos aos prazos limites para a interposição de recurso. No caso de defesa prévia e Jari a data limite irá descrita na notificação. O prazo para recurso junto ao Cetran é de até 30 dias após a decisão da Jari. As prefeituras de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Polícia Rodoviária Federal ainda não aderiram à essa funcionalidade do Expresso.

16 entes que podem julgar processos digitais

CETRAN-GO

DETRAN – GO

GOINFRA – GO

PREFEITURA DE ÁGUAS LINDAS DE GOIÁS

PREFEITURA DE ALEXÂNIA

PREFEITURA DE ANÁPOLIS

PREFEITURA DE BOM JESUS DE GOIÁS

PREFEITURA DE CALDAS NOVAS

PREFEITURA DE CERES

PREFEITURA DE CHAPADAO DO CÉU

PREFEITURA DE GOIANÉSIA

PREFEITURA DE INHUMAS

PREFEITURA DE ITUMBIARA

PREFEITURA DE RIO VERDE

PREFEITURA DE SANCLERLÂNDIA

PREFEITURA DE SENADOR CANEDO

PREFEITURA DE SILVÂNIA



Fonte: Detran-GO

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui