Agora, uma gota de álcool no sangue vai render multa

lei-secaUma combinação de “sintomas” como olhos vermelhos, desordem nas vestes, ironia e fala alterada pode render ao motorista abordado em uma blitz da Lei Seca uma multa de R$ 1.915,40, além de outras penalidades. Ontem, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) definiu quais sinais devem ser avaliados pelo agente de trânsito para confirmar a embriaguez do condutor. O documento ainda aponta os limites de álcool tolerados para aplicação de pena administrativa.

No fim do ano passado, a presidente Dilma Rousseff sancionou uma nova Lei Seca, mais rigorosa. Pelas regras, a embriaguez pode ser provada por depoimento do policial, vídeos, testes clínicos e testemunhos de terceiros. A partir da nova legislação, o conselho, vinculado ao Ministério das Cidades, definiu novos parâmetros para exames de sangue e bafômetro, estabelecendo tolerância zero para percentuais de álcool registrados nos exames.

Fonte: Congresso em foco

COMPARTILHAR
Artigo anteriorJosé Dirceu vem à Câmara Legislativa do DF
Próximo artigoDenúncia contra Renan é consistente, afirma Gurgel
Sandro Gianelli é Consultor em Marketing Político, especialista em pesquisa de opinião pública, editor do Portal Conectado ao Poder e âncora do programa Conectado ao Poder na rádio Metrópoles - 104,1 FM - e na TV União Brasília - canal 11.1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code