Processo tramita há quase dez anos e prejudicou ex-deputado nas urnas

O ex-deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF) foi absolvido na tarde desta quinta-feira (12), por unanimidade, pela 2ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT),  da condenação por cobrança de propina. A defesa esteve a cargo do advogado Michel Saliba.

Ele era acusado pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) de haver cobrado R$350 mil de propina para assinar contrato de adesão entre o governo local e uma cooperativa de ônibus, quando ocupava o cargo de o secretário de Transportes do governo do DF.

Fraga sempre disse que era inocente, como agora reconhece a 2ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do DF. Ele garante que nas conversas gravadas à época, ele apenas estaria “dando corda” a fim de flagrar eventual esquema de pagamento de propinas na sua secretaria.

O processo tramita há quase dez anos e prejudicou muito seu desempenho eleitoral em 2018, quando disputou o governo do DF.

Fonte: Diário do Poder

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui