Assembleia Geral da ONU elege cinco novos membros do Conselho de Segurança

- Publicidade -

Dinamarca, Grécia, Paquistão, Panamá e Somália ocuparão assentos não permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas no período entre 2025 e 2026. A eleição dos cinco países aconteceu nesta quinta-feira na Assembleia Geral.

Na corrida, a Somália recebeu 179 votos e passará a substituir Moçambique, o único país de língua portuguesa presente no órgão de 15 Estados-membros.

Novos membros não permanentes

Na votação, o Paquistão obteve 182 votos, o Panamá 183, a Grécia 182 e a Dinamarca 184 e substituirão o Japão, o Equador, Malta e Suíça. São necessários dois terços, ou 129 votos favoráveis, do total de 193 Estados-membros para garantir a eleição na Assembleia Geral.

Eleição dos cinco países aconteceu nesta quinta-feira na Assembleia Geral

Eleição dos cinco países aconteceu nesta quinta-feira na Assembleia Geral

Os novos integrantes rotativos do Conselho de Segurança iniciam o mandato em 1º de janeiro de 2025 e terminam em 31 de dezembro de 2026.

O Paquistão retorna ao órgão da ONU após ter ocupado por sete vezes o assento de membro não permanente. O Panamá já cumpriu cinco mandatos, a Dinamarca quatro, a Grécia dois e a Somália um.

Distribuição geográfica

Por ano são eleitos cinco dos 10 membros não permanentes do Conselho para se juntar aos permanentes China, França, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos.

As eleições obedecem à distribuição geográfica, com dois assentos reservados para o Grupo Africano e um atribuído a cada uma das regiões do Grupo Ásia-Pacífico, do Grupo Latino-Americano e Caribenho e do Grupo do Leste Europeu.

Fonte: ONU

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui