Começa o COMPOL – Congresso de Comunicação Política e Institucional com abertura de Bernardo Santos, Secretário de Comunicação de Minas Gerais

Belo Horizonte, MG – Foi aberto, nesta quarta-feira (8), o aguardado COMPOL – Congresso de Comunicação Política e Institucional, em cerimônia presidida pelo Secretário de Comunicação do Governo de Minas Gerais, Bernardo Santos. O primeiro dia do evento foi focado em destacar as estrelas do marketing político brasileiro que têm desempenhado um papel fundamental na área de educação e treinamento.

Destaques da abertura

Dentre os renomados profissionais do marketing político presentes, destacaram-se o Consultor Político Fred Perilo, responsável pelo projeto de treinamento de políticos “Reputation Training”. Além dele, Lucas Pimenta, da Escola dos Políticos, e Emerson Saraiva, criador da plataforma “Eleja-se”, também compartilharam suas experiências e insights valiosos, da mesma forma que o marqueteiro Leandro Groppo, que foi responsável pela campanha do Governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

O sucesso da cerimônia de abertura do congresso deu o tom do que promete ser um evento notável, reunindo mais de 500 inscritos de todos os cantos do Brasil.

Nos painéis de debates realizados durante o primeiro dia, emergiu uma preocupação crescente entre os profissionais de comunicação política: o impacto das Fake News e DeepFakes nas próximas campanhas políticas, especialmente com o rápido avanço da Inteligência Artificial.

A Expectativa para a Palestra de Marcelo Senise

A grande expectativa do evento é para a explanação do nacionalmente conhecido marqueteiro Marcelo Senise, considerado o maior especialista em Inteligência Artificial aplicada em marketing político do Brasil. Amanhã, às 15 horas, Senise fará uma palestra de destaque, na qual anunciará a criação do Instituto Brasileiro de Regulamentação da Inteligência Artificial (IRIA).

O instituto tem como objetivo promover um amplo debate nacional sobre o uso da IA em campanhas eleitorais, uma questão que tem gerado preocupações em todo o mundo.

Infelizmente, no Brasil, o assunto parece ter sido negligenciado pelos legisladores, tornando a iniciativa do IRIA ainda mais necessária.

O COMPOL MG continua a ser um ponto de encontro crucial para os profissionais de comunicação política, onde as questões mais prementes do cenário político atual são discutidas e abordadas por especialistas do setor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui