Começa prazo para pedidos de mudança de escola dentro da rede pública do DF

Solicitação deve ser feita nas próprias unidades escolares até o dia 17; resultado será divulgado na escola em que o aluno está matriculado, em 28 de dezembro

Os estudantes que querem mudar de escola para outra pública no Distrito Federal devem ficar atentos. Começa nesta terça-feira (7) e vai até o  dia 17 o prazo para os pais ou responsáveis pedirem o remanejamento escolar para o ano letivo de 2024 do estudante matriculado na rede pública de ensino do DF.

O pedido de remanejamento deve ser feito diretamente na unidade escolar onde o estudante está matriculado. Na ocasião, os pais ou responsáveis deverão optar pela escola para a qual desejam remanejar o aluno. Só poderá ser feito o pedido para uma única unidade.

A Secretaria de Educação do DF (SEE) lembra que o remanejamento é um procedimento interno no qual não é necessário fazer fila em frente à escola. É possível fazer o pedido na secretaria da unidade de ensino.

O resultado do pedido de remanejamento escolar para 2024 será divulgado na escola em que o aluno está matriculado, em 28 de dezembro. A mudança para outra escola da rede pública dependerá da disponibilidade de vaga na unidade escolar desejada.

Documentos necessários

Quando a opção for para qualquer escola que seja próxima do local de moradia, é necessário levar o comprovante de residência, como conta de luz, água, telefone, contrato de aluguel, declaração do proprietário do imóvel ou declaração de próprio punho do responsável pelo estudante.

Quando a escolha for para qualquer escola que fique perto do trabalho do pai ou responsável, é necessário levar documento que comprove o vínculo empregatício que ateste o endereço, como Carteira de Trabalho, último contracheque ou declaração atualizada do empregador.

Fique ligado

O mesmo procedimento vale para aqueles que querem pedir a mudança da escola sequencial indicada (quando o estudante sai de uma etapa de ensino para outra, é encaminhado automaticamente para uma unidade que atenda a etapa seguinte, ou seja, sequencial). É o caso do estudante que termina o ensino fundamental e vai para outra escola que oferta o ensino médio.

Caso a mudança não seja possível, o estudante terá vaga garantida na mesma escola que frequenta ou na escola sequencial, sendo necessário procurar a secretaria escolar para confirmar a matrícula.

*Com informações da SEE

Fonte: Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui