Copilot do Office 365 é turbinado com GPT-4 Turbo e novo gerador de imagens


A Microsoft confirmou nesta quarta-feira (3) o lançamento uma atualização para o chatbot de inteligência artificial Copilot embutido nos serviços do Office 365. Válida apenas para clientes corporativos, a novidade é a adoção do modelo de linguagem GPT-4 Turbo, que é a tecnologia de larga escala mais avançada da OpenAI.

Na prática, empresas agora terão acesso prioritário para usar o Copilot em sua forma mais completa e sem limite diário de prompts ou conversas. Além disso, o modelo de linguagem é mais preciso na interpretação de tarefas e entrega de conteúdos, inclusive com informações atualizadas da internet.

O Copilot funciona de forma dinâmica como um assistente dentro dos aplicativos.O Copilot funciona de forma dinâmica como um assistente dentro dos aplicativos.Fonte:  Microsoft 

O Copilot para Office 365 opera também de forma interna, usando documentos corporativos para construir relatórios, análises e apresentações. Ao todo, ele é capaz de produzir até 300 páginas de texto a partir de um único comando, resumindo, reescrevendo ou criando materiais.

A integração dinâmica vale para serviços tradicionais de criação e edição como Word, Excel e PowerPoint, além do cliente de e-mails Outlook e o mensageiro Teams.

Melhor criação de imagens no Copilot

Além disso, o chatbot do plano empresarial agora tem mais capacidades de geração de imagem. A tecnologia por trás da ferramenta é o DALL-E 3, a mesma usada no serviço Microsoft Designer. No lançamento, a Microsoft liberou a criação de 100 ilustrações por dia e com o mínimo período de espera na fila.

A atualização para o GPT-4 Turbo já estava disponível para o plano Copilot Pro, a versão paga do chatbot. Ele também pode ser usado na modalidade gratuita do chatbot, mas com limite de usuários e prioridade para os assinantes.

Para usar o benefício, é preciso ter uma assinatura Microsoft 365 na modalidade corporativa. No Brasil, os planos Business Standard começam em R$ 178,50 por usuário no pagamento mensal, mas há outros planos para empresas de todos os tamanhos.



Fonte: TecMundo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui