De volta ao Maracanã, com vitória

O Fluminense voltou ao Maracanã onde conquistou o título de campeão da América, para enfrentar o Sampaio Correia.

Desde o início o Fluminense alugava o campo ofensivo numa partida de ataque contra defesa, mas não conseguia abrir o ferrolho adversário.

Além de jogar todo na defesa, o adversário tentava parar a partida com cera e com isso o jogo não fluía.

Trata-se de um jogo de paciência, e o Fluminense enfrenta muitas dificuldades para criar oportunidades de gol, pois são 21 jogadores no campo defensivo do adversário, o que diminui os espaços.

Aos 35 minutos, Árias faz uma grande jogada e Cano perde um gol inacreditável.

Aos 38 minutos, Cano perde nova oportunidade.

Voltamos para o segundo tempo com Renato Augusto, saindo Thiago Santos.

Diante do ferrolho, o Fluminense precisa jogar pelas laterais com velocidade, pois os jogadores adversários se concentram quase todos dentro da área.

É um jogo de ataque contra defesa, mas sem conseguir criar chance de gol.

Aos 16 minutos, sai Keno para entrada de Douglas Costa.

Aos 25 minutos entram Lelê e Diogo Barbosa, saindo Felipe Melo e Marcelo.

Aos 26 minutos Renato Augusto perdeu grande oportunidade.

Aos 29 minutos Lelê ganha no alto, e Cano dá um lençol no zagueiro prá fazer 1×0.

Aos 44 minutos sai Guga machucado, entrando Antônio Carlos.

Foi uma partida em que o Fluminense precisa tirar lições, como encontrar soluções quando o adversário joga todo recuado, mas valeu para dar ritmo de jogo para o time, e pela liderança isolada da taça GB.

Na próxima quarta-feira, voltamos ao Maracanã para enfrentar o primeiro clássico do ano contra o Vasco, em busca de mais uma vitória.

Bora Fluzão 🇭🇺🇭🇺🇭🇺🇭🇺

Raimundo Ribeiro

Apaixonado por futebol e, naturalmente Tricolor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui