Deputado Hermeto fala sobre a sua “saga” para conseguir a redução de interstício em dezembro

O Deputado Hermeto (MDB) concedeu uma entrevista exclusiva para o Policiamento Inteligente, nela falou sobre a “saga” para convencer o Governador Ibaneis a conceder a redução de interstício para as Praças e Oficiais da Corporação, que será anunciada segunda-feira (23), conforme antecipada em entrevista coletiva à Associação de Blogueiros de Política do DF e Entorno, para os integrantes da Polícia Militar do DF que necessitavam da redução do tempo para a promoção.

Ele afirmou ao Policiamento Inteligente que um dos grandes entraves para a redução de interstício era o receio do governo em diminuir ainda mais o efetivo da Corporação, com as novas promoções, afinal, muitos policiais militares hoje possuem tempo para a aposentadoria e ainda estão com medo da nova previdência.

A saga foi iniciada mostrando ao governador que grande parte das promoções, com a redução que será anunciada na segunda-feira (23), estará entre as graduações de soldados, cabos e sargentos, em especial, aqueles entre 10 e 20 anos de PMDF.

“O governador percebeu que a maioria que será promovida ficará na rua, já que trata dos soldados e cabos oriundos dos CFP´s e sargentos com aproximadamente vinte anos de Corporação, a maioria deles só tem no máximo 10 anos. Eu sensibilizei o governador batendo nessa tecla”, disse o deputado.

Ainda segundo o Deputado Hermeto, “o governador foi convencido devido a grande necessidade de honrar e valorizar nossos policiais, em especial, aqueles que estão ruas”.

Outra estratégia utilizada pelo parlamentar foi convencer os pares na Câmara Legislativa (CLDF) a apoiarem a causa. “A CLDF foi parceira, ao remanejar os recursos necessários para ajudar a complementar o orçamento”, confirmou ele. Hermeto destinou R$ 3 milhões de seu orçamento para garantir o pagamento dos custos das promoções aos cofres do GDF.

Uma preocupação de Hermeto é caso a redução de interstício venha apenas para as praças, deixando os oficiais da Corporação de fora mais uma vez, em especial, os tenentes que são os que mais necessitam dela. Além disso, para ele a falta de tenentes não pode prejudicar a carreira daqueles que anseiam pela promoção. Segundo ele, os valores não afetam o orçamento e todos merecem ser valorizados. “Eu lutei e lutarei por todos, até porque tive grande apoio dos oficiais”, concluiu.

Fonte: Policiamento Inteligente

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code