O procedimento será repetido, mensalmente, até o final do ano. A Casa foi a primeira, em todo o país, a implantar medidas de restrição de acesso tão logo a pandemia foi decretada

A Câmara Legislativa do Distrito Federal realizou, neste domingo (26), a desinfecção de suas dependências com a utilização da substância quaternário de amônia (produto saneante regularizado na Anvisa), capaz de eliminar o novo coronavírus. O produto foi pulverizado em todas as superfícies – chão, paredes, teto, mobiliário e equipamentos – dos 50 mil metros quadrados do edifício. O procedimento será repetido, mensalmente, até o final do ano, por uma empresa contratada com este fim, sempre no último domingo de cada mês, com a presença apenas dos técnicos e de alguns servidores indispensáveis para o acompanhamento da operação.

“Tudo o que estiver ao nosso alcance para proteger a vida dos que frequentam a sede do Legislativo local, sejam servidores, parlamentares ou a sociedade em geral, será feito”, afirmou o presidente da CLDF, deputado Rafael Prudente, ao comentar a aplicação do produto que possui ação antimicrobiana para a Covid-19. O distrital lembrou também que a Casa foi a primeira, em todo o país, a implantar medidas de restrição de acesso tão logo a pandemia foi decretada.

“A Câmara Legislativa recebe um número elevado de pessoas, diariamente. Por isso, desde o início, a prioridade da Mesa Diretora tem sido a vida: não colocar ninguém em risco”, salientou. Na avaliação de Prudente, as medidas adotadas – que incluíram regulamentação do teletrabalho; sessões e outras atividades parlamentares realizadas de forma remota; uso de máscaras e álcool gel; além da medição de temperatura dos que precisam frequentar o local – têm contribuído para o baixo número de registro de casos de Covid-19 entre os servidores.

A pulverização com uso de produtos saneantes para a desinfecção de superfícies da sede da CLDF foi incluída em licitação realizada após a decretação da pandemia, coordenada pela Segunda Secretaria da Câmara Legislativa, cujo titular é o deputado Robério Negreiros (PSD). O processo licitatório permitiu a implantação das medidas de prevenção à Covida-19.

Sessões plenárias

Na próxima semana, a CLDF retoma as sessões que continuarão sendo realizadas remotamente. Por enquanto ainda não há decisão sobre a volta das reuniões presenciais. “O ato que estabeleceu as sessões por videoconferência, bem como o teletrabalho, não delimitou prazos para o retorno. Mas, quando essa decisão for tomada, será com base em protocolos rígidos que serão especificados pelo Setor de Saúde da Casa”, explicou o presidente. Segundo o deputado, a Câmara Legislativa vai continuar adotando o princípio da “responsabilidade” em suas deliberações.

Prudente acrescentou ainda que os servidores imprescindíveis para o funcionamento da CLDF – inclusive das atividades parlamentares no interior do edifício – vão continuar a serem testados para a Covid-19. “Todo esse conjunto de procedimentos, que incluiu a sanitização de todas as áreas da Casa, realizada ontem, é uma mostra do nosso compromisso”, concluiu.

Por Marco Túlio Alencar
Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.