Dicas do Facebook para campanhas políticas

Mark Zuckerberg , FacebookPara acompanhar a política norte-americana, o Facebook tem uma fan page específica, a U.S. Politics on Facebook. A equipe de lá aproveitou este período eleitoral para postar no início de agosto uma série de dicas para políticos em campanha utilizarem melhor a rede social criada por Mark Zuckerberg.

O texto do Facebook Politics & Government Team cita que, de acordo com a pesquisa Pew Internet and American Life, os usuários do Facebook que se engajam com políticos são mais que duas vezes mais inclinados a votar do que os que não são usuários da rede. Eles também são mais propensos a influenciar o voto dos amigos, o que comprova a necessidade de utilizar esta rede estratégica e adequadamente. A internet como um todo é um meio cada vez mais inescapável.

Confira abaixo as sete dicas do time do Facebook:

1. Tente subir uma imagem ou foto em cada post – Eles constataram que posts com imagens estão recebendo o dobro de engajamento com relação a outras formas de atualização. “Precisa de voluntários? Mostre a foto de pessoas batendo em portas ou fazendo ligações. Tem cavaletes e adesivos para carro disponíveis? Mostre uma foto do cavalete ou do adesivo em um carro”.

2. Programe posts entre as 9 e 10 horas da noite – Segundo o pessoal do Facebook este é um dos horários com maior retorno. A própria rede lançou há pouco tempo uma função que permite programar as postagens.

3. Atualize a fan page pelo menos uma vez todos os dias – Isso mantém os apoiadores mais engajados e também o seu conteúdo no Feed de Notícias deles.

4. Use o Facebook Ads – Bom, esta dica NÃO serve para nós. Anúncios pagos não são permitidos na legislação eleitoral brasileira.

5. Crie uma experiência interativa envolvendo sua audiência na discussão – Um bom caminho para motivar o público e reunir insights é avaliando as opiniões dos eleitores através de enquetes na ferramenta “Perguntar” do Facebook. Também encorajar os fãs a fazer perguntas e comentar gera um diálogo genuíno entre eles e o político.

6. Faça posts com a sua própria voz – Os usuários do Facebook querem uma experiência genuína quando interagem com os amigos e as causas que apoiam. Compartilhar fotos dos ‘bastidores’ e valorizar o aspecto humano da campanha é o melhor caminho para que os apoiadores vejam o candidato como uma pessoa real.

7. Seja multimídia! – Incluir vídeos ao vivo ou pré-gravados na fan page é um ótimo modo de envolver os fãs no que está acontecendo durante a campanha. Utilizar aplicativos para páginas nas abas da fan page para hospedar vídeos ao vivo é também um meio de fornecer uma boa gama de material de engajamento para os apoiadores compartilharem.

Obviamente o Facebook não vai determinar uma eleição, apesar das redes sociais serem cada vez mais relevantes por uma série de motivos. Além disso, as estratégias de marketing para qualquer segmento dependem de pesquisa, análise do público, de mercado, de conjuntura e também de um bom planejamento para alcançar os objetivos.

Muitas das dicas podem não se aplicar a uma situação específica ou podem variar bastante, como a questão do melhor horário. Até o próprio uso do Facebook depende de análises e estratégia. Mesmo assim, as melhores práticas citadas são bem válidas e podem fazer uma boa diferença no modo de conduzir a interação com os fãs da página.

Por Bruno Chagas

Fonte: Blog Gabriel Rossi

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBig Data e a pesquisa brasileira
Próximo artigoMensalão
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code