Investimentos em Infraestrutura: Riacho Fundo, expansão do metrô e renovação da Avenida Hélio Prates em destaque

Da redação do Conectado ao Poder

No Riacho Fundo, a Caesb concluiu a expansão das redes coletoras de esgoto, garantindo um sistema mais eficiente e sustentável. Com um investimento de R$324 mil, foram construídos 480 metros de tubulações em PVC, beneficiando várias quadras e conjuntos da região. Essa iniciativa visa evitar o extravasamento de esgoto e facilitar a manutenção preventiva, contribuindo para um ambiente mais limpo e saudável.

Além disso, em todo o Distrito Federal, estão em andamento diversas obras para melhorar o acesso à água e ao saneamento básico. Com investimentos previstos de R$ 250 milhões neste ano, projetos como a ampliação da preservação e transferência de água, o aumento da produção de água em regiões específicas e a construção da agora Subadutora de Água Tratada Gama estão em curso, visando aprimorar o atendimento à população e promover melhorias significativas na qualidade de vida e na saúde pública.

Novo metrô

A expansão da linha 1 do Metrô-DF em Samambaia está prestes a se tornar uma realidade, com o Consórcio CG – JFJ garantindo a vitória na licitação com um lance de R$319,75 milhões. Com a homologação prevista para março após o prazo para recurso, o projeto abrange a construção de duas novas estações próximas à UPA e ao COP (Centro Olímpico e Paralímpico), juntamente com uma subestação retificadora e sistemas retificadoras.

Enquanto isso, o processo de expansão em Ceilândia avança, com um projeto de 2,3 km em andamento. Com a inclusão de duas novas estações e subestações, espera-se que a expansão beneficie significativamente a comunidade, proporcionando um acréscimo estimado de 12 mil usuários por dia e conectando a região até próximo à BR-070.

De cara nova

A avenida Hélio Prates, importante ligação entre Ceilândia e Taguatinga, está passando por uma grande reforma com investimentos de R$70 milhões do Governo do Distrito Federal (GDF). Com cerca de 4,5 km de extensão, a via está recebendo melhorias que incluem reconstrução de calçadas, ordenamento de estacionamentos, construção de ciclovia e pavimentação em concreto para faixa exclusiva de ônibus, visando solucionar problemas estruturais como escassez de vagas e falta de segurança para pedestres e ciclistas.

Após a conclusão da primeira etapa das obras em abril de 2023, concentradas do trecho entre a via M1 até a N3, as intervenções agora se concentram na parte entre QNG/QI 1 e a Estrada Parque Contorno, com um investimento adicional de R$49,5 milhões. A construção da rede de escoamento será retomada assim que as chuvas cessarem, contribuindo para a melhoria do sistema de drenagem da avenida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui