Não há coligação que resista

Partiu do PEN a irritação maior com a chapa desenhada pelo Buriti. O vice-presidente da Câmara, Doutor Michel, falou durante todo o dia na possibilidade de lançar sua candidatura à presidência. Até o secretário de Justiça, Alírio Neto, retirou seu nome de consideração e nem foi a uma reunião da  bancada com o governador, no fim da tarde. Claro, o PT ficou com a presidência no primeiro biênio, com a primeira vaga que se abriu no Tribunal de Contas, pleiteia a segunda vaga, indica o presidente do próximo biênio e ainda quer a terceira vaga do tribunal, justamente para o mesmo presidente. Assim não há coligação que resista.

Fonte: Do Alto da Torre

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPPL fala em unidade
Próximo artigoHora de devolver os diplomas
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code