Novos desvios na EPTG, sentido Eixo Monumental, começam nesta sexta (16)

Intervenção no trânsito é necessária para a continuidade das obras de expansão do Corredor Eixo Oeste até a região central do Plano Piloto

Atenção, motoristas! A partir desta sexta-feira (16) começam a valer os novos desvios na Estrada Parque Taguatinga (EPTG), sentido Eixo Monumental, para dar continuidade ao serviço de concretagem das faixas. A alteração no trânsito será à noite, após o horário de pico. O trecho, na interseção da EPTG com a Estrada Parque Indústrias Gráficas (Epig), é o primeiro dos seis que passarão por obras para a expansão do Corredor Eixo Oeste até a região central do Plano Piloto.

Quando as obras forem concluídas, o trecho contará com faixa exclusiva para ônibus no sistema BRT, nove viadutos, estações BRT, passagens para pedestres e ciclovias. Para dar continuidade às obras, a partir desta sexta-feira (16), o motorista que vai para o Eixo Monumental deve continuar utilizando a faixa reversa. Quem vai para o Setor Policial deve seguir pela pista de concreto mais à esquerda da via.

Já para quem deseja acessar o Setor Policial via marginal, é necessário se dirigir pela via principal da EPTG, tendo em vista que o acesso pela marginal estará bloqueado. Agora, se o motorista quiser ir para a Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) Sul ou Norte, é necessário pegar o acesso pela marginal.

Por fim, quem está na Epia e quiser acessar o Eixo Monumental ou o Setor Policial, é necessário utilizar as vias que circundam a Octogonal, tendo em vista que a alça situada ao lado da Polícia Rodoviária Federal estará interditada.

De acordo com o secretário de Obras, Luciano Carvalho, a expectativa é que as liberações no trânsito ocorram gradativamente. “Num primeiro momento, apenas a faixa reversa e a faixa mais à esquerda estarão liberadas para o trânsito de veículos. No entanto, à medida que a concretagem das demais faixas for concluída, vamos liberar para o trânsito de carros. Essa medida certamente vai minimizar o impacto no trânsito causado pelo desvio”, afirmou.

Fonte: Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui