ONU pede ação colaborativa no Dia Mundial da Conscientização sobre o Autismo


 

Para marcar o Dia Mundial da Conscientização sobre o Autismo, neste 2 de março, as Nações Unidas pedem união num momento que considera ser para reconhecer e celebrar as importantes contribuições das pessoas vivendo com a condição. 

O secretário-geral, António Guterres, lista barreiras nos direitos à educação, ao emprego e à inclusão social consagrados na Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Apoio e investimento em países e comunidades

A mensagem do líder das Nações Unidas invoca a questão de princípios fundamentais ao pedir maiores investimentos de governos e autoridades para o reforço de sistemas de apoio comunitário, programas de educação e formação inclusivos, além de soluções acessíveis.

 Nações Unidas destacam avanços promovidos por defensores dos autistas pelo mundo

Nações Unidas destacam avanços promovidos por defensores dos autistas pelo mundo

 

Guterres defende que a base dessa ação seja “a tecnologia para permitir que as pessoas com autismo desfrutem dos mesmos direitos que as outras”.

António Guterres pede mais apoio e investimento em favor de países e comunidades para a atuação envolvendo pessoas com autismo e seus aliados.

Promover a aceitação e valorização das pessoas autistas

Pela passagem da data, a sede da ONU em Nova Iorque acolhe o primeiro evento intitulado “Passando da sobrevivência para a prosperidade: Indivíduos autistas compartilham perspectivas regionais”, em formato virtual.

As Nações Unidas defendem que esta celebração é um “meio de afirmar e promover a plena realização de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais para as pessoas autistas, em igualdade de condições com os outros”. 

A organização cita progressos nesse sentido, que foram conseguidos principalmente graças aos muitos defensores dos autistas que atuaram para levar a experiência vivida por elas para o mundo mais amplo.

Ao adotar a data, em 2007, a Assembleia Geral enfatizou a importância de se aumentar a consciência pública sobre o autismo e promover a aceitação e valorização das pessoas autistas e suas contribuições para a sociedade.



Fonte: ONU

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui