Presidência vai gastar R$ 6,6 milhões com pesquisa de opinião em 2013

pesquisaA Presidência da República publicou na última segunda-feira (14) três editais no Diário Oficial da União para contratação de serviços de pesquisa de opinião pública. As pesquisas, juntas, vão custar R$ 6,6 milhões aos cofres públicos.

A ideia do governo é que a população possa avaliar os programas de governo e as estratégias de comunicação da presidência.

De acordo com o assessor especial de Pesquisa de Opinião da Presidência da República , Wladimir Gramacho, as pesquisas não são novidade, mas mudaram de formato desta vez.

— Este processo licitatório, iniciado em 2012, preferiu abrir três licitações em vez de uma só. Isso porque o mercado de empresas prestadoras desse serviço é segmentado. Ao realizarmos apenas uma licitação, perderíamos a participação de empresas que são especializadas em uma ou algumas das técnicas previstas, mas não em todas.

O último contrato de pesquisa de opinião foi feito em 2009, no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e acabou em 2011.

São três editais diferentes. Um para pesquisa qualitativa, no valor de até R$ 1,9 milhão por ano. Outro para pesquisa quantitativa face a face, no valor de até R$ 3,0 milhões por ano. E o último para pesquisa quantitativa telefônica, no valor de até R$ 1,7 milhão por ano.

As propostas deverão ser entregues, respectivamente, nos dias 4, 5 e 6 de março de 2013.  Segundo Gramacho, quando as pesquisas forem realizadas, os resultados serão de livre acesso e todos que quiserem poderão acessá-las no portal de comunicação da Presidência.

Fonte: R7

COMPARTILHAR
Artigo anteriorA decisão de concorrer I
Próximo artigoDireto do Facebook – Moises Tavares
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code