Proprietária de casa alugada pelo Airbnb se vinga de calote e manda foto com traição à esposa do locatário

Shawn Mackey, morador do Mississippi (EUA), alugou pelo Airbnb uma casa de quatro camas e dois banheiros para um fim de semana com velhos amigos em Memphis (Tennessee). Ele não sabia, mas a escolha lhe custaria bem caro.

Após o fim de semana de diversão, Shawn se mostrou decepcionado e postou uma avaliação negativa do imóvel.

Bastou isso para que a proprietária do imóvel, Pamela Fohler, resolvesse se vingar. Além da avaliação ruim, Shawn se recusou a pagar US$ 960 (R$ 4.755) em taxas adicionais e multas por supostamente receber hóspedes extras e violar regras da casa: não fumar ou usar vape, não fazer barulho excessivo, não receber convidados, não estacionar em frente às portas da garagem ou no lado direito da garagem, não beber, comer, beber ou urinar na piscina e não nadar nu.

Em resposta ao comportamento do locatário, Pamela enviou por e-mail para a esposa de Shawn uma foto tirada por uma das câmeras de segurança da propriedade que mostrava o americano “em a companhia de outra mulher”.

O episódio ocorreu em setembro de 2022. Após várias tentativas de acordo, o caso foi parar na Justiça. “Como resultado, o casamento do demandante foi prejudicado”, afirma o advogado de Shawn, acrescentando que a situação causou ao cliente “extremo sofrimento emocional, humilhação pública e angústia mental”.

O advogado pede indenização por invasão de privacidade e danos morais e uma liminar “para evitar ações semelhantes tomadas contra (outros) clientes do Airbnb“. Os alvos do processo são Pamela e a própria Airbnb.

Fonte: Mais Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui