Salvador decide se dá sobrevida ao DEM ou consolida o PT na cidade

Terceiro maior colégio eleitoral do país, Salvador vai hoje às urnas para definir a sobrevida do DEM de ACM Neto, 33, e até que ponto se convenceu do discurso do “alinhamento em dose tripla” do PT de Nelson Pelegrino, 51. O partido pregou na campanha ser impossível governar a cidade, dona da segunda pior receita per capita entre as capitais, sem a “parceria com o time de Lula”: o governador Jaques Wagner e a presidente Dilma Rousseff. Num comício na cidade, Dilma falou na “obrigação” de ganhar essa eleição.

Apesar disso, é ACM Neto quem figura como favorito após pesquisa Ibope divulgada ontem apontá-lo dez pontos à frente (votos válidos). No primeiro turno, o mais acirrado das capitais, Pelegrino acabou com 39,73% dos votos, contra 40,17% do rival.

Fonte: Congresso em Foco

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui