Deputado Gabriel Magno destina mais recursos para eventos estudantis e cultura LGBTQIA+ do que para Saúde Pública

O presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (Cesc) da Câmara Legislativa, Gabriel Magno (PT), tem se destacado por seus discursos enfáticos sobre a necessidade de melhorias no setor de saúde da capital federal. No entanto, uma análise das suas ações revela uma discrepância entre suas palavras e a aplicação dos recursos públicos. Desde 2023, o Governo do Distrito Federal (GDF) recebeu 101 emendas propostas pelo deputado, das quais 12 foram anuladas a seu pedido e outras 12 continuam em análise. Juntas, essas emendas somam R$ 33.330.410.

Embora Magno critique frequentemente a falta de investimentos na saúde pública durante suas intervenções na tribuna, suas emendas revelam uma prioridade diferente. Entre os principais destinatários dos recursos estão eventos estudantis e iniciativas culturais voltadas para a comunidade LGBTQIA+. Por exemplo, R$ 700 mil foram destinados para o 59º Encontro da União Nacional dos Estudantes (UNE) e para o projeto “Diversidade no Quadradinho”, que visa fomentar a produção, circulação e difusão das manifestações artísticas e culturais LGBTQIA+.

Contraste nas Prioridades

Para fins de comparação, Magno propôs emendas destinadas à compra de equipamentos para os hospitais de Base e de Santa Maria que, somadas, alcançam R$ 250 mil. Esse valor é significativamente inferior ao necessário para a aquisição de um único equipamento de tomografia, cujo custo mínimo é de R$ 450 mil. A discrepância entre os recursos alocados para eventos culturais e aqueles destinados à melhoria da infraestrutura de saúde é marcante, considerando especialmente o montante já investido pelo GDF no setor: mais de R$ 48 bilhões nos últimos cinco anos.

Investimentos em Saúde Pública

Os recursos destinados por Magno para a saúde pública, especificamente para a aquisição de equipamentos hospitalares, contrastam fortemente com as verbas alocadas para outros setores. Este fato levanta questões sobre as prioridades do deputado, que, embora publicamente critique a gestão dos recursos da saúde, opta por direcionar verbas significativas para outras áreas.

Reações e Impacto

A postura de Magno tem gerado críticas, especialmente entre aqueles que defendem uma maior alocação de recursos para a saúde pública. Os discursos inflamados na tribuna precisam se refletir em ações concretas. A saúde pública precisa de mais investimentos para atender a população de maneira adequada e os deputados podem ajudar destinando recursos de suas emendas parlamentares.

Recursos

O debate sobre a alocação dos recursos públicos é complexo e envolve diversas dimensões. No caso de Gabriel Magno, suas escolhas refletem uma visão que valoriza o fortalecimento da cultura e da educação como estratégias de desenvolvimento social. No entanto, a comparação dos valores destinados a cada setor demostra que a saúde pública não é uma prioridade quando nos referimos a destinação de suas emendas.

Disparidade

A análise das emendas apresentadas pelo deputado Gabriel Magno revela uma disparidade entre suas declarações públicas e a destinação dos recursos que ele propõe. Embora a saúde pública seja um tema recorrente em seus discursos, as verbas alocadas para eventos estudantis e culturais LGBTQIA+ superam significativamente aquelas destinadas a melhorar a infraestrutura dos hospitais da capital. Esta situação levanta questões importantes sobre as prioridades de investimento público e a necessidade de um equilíbrio que atenda de maneira mais abrangente às demandas da sociedade.

Nota da assessoria

A assessoria do deputado Gabriel Magno entrou em contato com a redação do Conectado ao Poder e informou que o parlamentar tem outras emendas destinadas à saúde que ainda não foram liberadas pelo Governo do Distrito Federal e que somadas chegam a R$ 750.000,00. Em relação às emendas destinadas para as outras áreas e que foram foco desta matéria, nada foi dito. O espaço continua aberto para qualquer esclarecimento que se julgue necessário.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui