Augusto Heleno e Bia Kicis se defendem, após Sara Winter afirmar que ambos apoiaram acampamento que atacou o STF

Da redação

Defesa repercutiu, gerando comentários que pedem processos

Após a ativista Sara Winter falar à revista IstoÉ, sem apresentar provas, que a deputada federal Bia Kicis e o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, apoiaram o acampamento “300 do Brasil”, que lançou fogos de artifício contra o prédio do Supremo Tribunal Federal (STF), em junho de 2020, os dois se pronunciaram, se defendendo, por meio do Twitter.

Augusto Heleno, que na visão de Sara teria pedido que seu grupo direcionasse ataques ao Supremo, disse que “Calúnias e acusações falsas da Sra Sara Winter, sobre mim, foram divulgadas pela ISTO É, Fórum, Brasil 247 e vários sites “isentos”. Bancaram também essas mentiras, sem me consultar. Triste papel”.

A defesa repercutiu, gerando comentários como: “Processa, General. Pode ser que você não esteja mais vivo quando sair a decisão judicial, porém não custa nada. Quer dizer, até custa. Mas para a sua renda, é” e “General, aciona todos judicialmente, dê trabalho a todos e é um direito do senhor”, por parte dos apoiadores.

Quanto à Bia Kicis, a ativista havia dito que a deputada teria ajudado na organização e na estrutura dos atos que levaram Winter a ser presa, por determinação do ministro Alexandre de Moraes. Ao se pronunciar, Bia falou que “Tudo que a Sara Winter falou sobre mim é mentira. Nunca dei qualquer orientação de ataque a ninguém e jamais disponibilizei assessor para ajudar no acampamento e muito menos advogado. Não sei se sua mentira é estratégia, desespero ou pura maldade. Não sei se há alguém por trás. Sara mente”.

Fechando a fala, a deputada disse, ainda, que a única vez que foi ao acampamento foi para dizer que ativistas devem ser independentes e não ter políticos por trás das ações, sabendo cobrar dos políticos, mas não atacando instituições e nem pedindo intervenção militar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui